Imagem capa - Cerimônias Religiosas: Casamento Católico por Pedro Stanke

Cerimônias Religiosas: Casamento Católico

Mesmo com tantas inovações nas celebrações e matrimônios, uma coisa que nunca sai de moda e vai ser para sempre tendência e o casamento na Igreja ou religioso. Separamos os principais trâmites para você que pretende realizar uma celebração religiosa.


Para você que sempre sonhou em entrar de véu e grinalda na igreja, é importante saber que existe, dependendo da igreja que você for escolher para casar, há fila de espera ou até mesmo, agenda lotada para nos próximos 12 meses. Por isso é bom ter uma certa antecedência e um bom planejamento. E também são necessários uma série de procedimentos e requisitos para o casamento religioso. 


Documentos necessários

- Antes esclareço que cada Igreja pode adotar procedimento próprios mas, no geral, estes são os documentos pedidos:

- Licença (transferência) de paróquia, necessária quando o casamento será em paróquia diferente de um dos noivos.

- Cópias autenticadas do RG e CPF do casal.

- Certidão de batismo dos noivos.

- Cópia de comprovante de residência.

- Certificado do curso de noivos.

- Carta do padre e cópia da identificação presbiterial (caso não seja o padre da própria paróquia). 

- Ficha de duas testemunhas, que não pode ser pai, mãe nem menores de 18 anos. A ficha deve conter os seguintes dados: nome, profissão, idade, RG, estado civil, nacionalidade e endereço completo das testemunhas.

- Taxa da igreja.


Rituais e tradições:

Os noivos podem escolher se querem celebrar o casamento com ou sem missa. 

É importante que os noivos se encontrem, antes do casamento, com o padre  que celebrará a cerimônia. Dessa forma, cria-se uma relação de confiança com o padre, fundamental para que esse momento seja ainda mais especial para os noivos e convidados. 

Agora vamos à cerimônia, considerando os rituais do casamento católico:

- Entrada dos pais, padrinhos, noivo e noiva.

- Acolhimento e ritual inicial: o padre dá as boas vindas aos presentes.

- Liturgia – Nas orações, existem algumas partes que permitem que os noivos escolham as orações do matrimônio, como as leituras entre as três existentes, e o salmo responsorial.

 - Homilia – O padre explica o sentido das leituras e a importância do sacramento no casamento.

- Celebração – O padre pergunta aos noivos sobre a vontade de casarem e serem fiéis um ao outro, e, em seguida, os noivos respondem.

- Os noivos se dão as mãos e consentem.

- Bênção e troca das alianças.

- Oração universal ou dos fiéis, momento em que o padre ora pelos noivos, pela união, pela igreja católica e pelos falecidos e carentes.

- Liturgia da eucaristia.

 - Oração e bênção final.

-  Saída dos padrinhos e dos noivos. É a parte mais descontraída da cerimônia, quando os noivos podem tirar fotos mais à vontade e começar a comemorar essa grande conquista.


Civil e Religioso

Os noivos podem escolher entre realizar o casamento no civil antes, durante ou após a cerimônia religiosa. E para aqueles que pretendem juntar os dois atos a maneira é optar pelo "casamento religioso com efeito civil", o procedimento pede os seguintes passos:

- Agendar no cartório a retirada da habilitação de casamento (com antecedência de 30 a 60 dias do casamento). Retirar o documento com duas testemunhas na data marcada.

- Após a cerimônia, retirar na igreja o termo de celebração de casamento com efeito civil.

- Reconhecer firma do termo em cartório que possuam firma aberta.

- Levar o termo para o cartório onde deram entrada no processo de habilitação para trocar o termo pela certidão de casamento (prazo de 90 dias após a celebração religiosa, do contrário os noivos permanecem solteiros!).

Também é possível casar na igreja e depois no cartório veja o que você precisa saber sobre o casamento civil


Casamento com noivos de diferentes religiões

É verdade que o amor não vê "raça, credo ou cor", a prova viva é o número de noivos de diferentes religiões. Se os noivos são de religiões cristãs diferentes existe solução. Eles podem optar pelo casamento ecumênico, e celebrarem com elementos das duas religiões. Nele, os noivos escolhem representantes de cada crença para realizar a cerimônia, cada uma com o seu costume.

A Igreja Católica aceita realizar casamento quando um dos noivos não seja praticante, ou que seja de religião diferente, sem a exigência de conversão. O noivo que possui religião que não a católica só precisa respeitar a fé do cônjuge católico. Claro que cada igreja possui suas regras e procedimentos próprios.


Faça a escolha da Igreja com muita antecedência, e faça a sua reserva, por escrito, junto a secretaria da igreja.

E confira os documentos necessários.

Agora que sabe os procedimento que te esperam, prepare os documentos com antecedência.


Se você gostou das minhas dicas e quer ver e receber mais como essas,  cadastre-se  aqui para receber mais novidades!!


Acompanhe o nosso Blog! Sempre estaremos trazendo novidades para você.


Caso queira entrar em contato é só clicar aqui!


Aproveite para seguir a gente no Facebook e no Instagram.


Até o próximo post.

Pedro Stanke